7 dicas para montar a sala de jantar ideal

Hoje em dia, a sala de jantar já não é aquele espaço esquecido, que só entra em funcionamento em dias de festa. Nas residências contemporâneas, praticidade e funcionalidade caminham juntas com a beleza e, assim, todos os cômodos da casa são aproveitados e transformados em áreas úteis, inclusive a sala de jantar.

Para quem valoriza áreas de convivência agradáveis, tem família grande ou gosta de receber os amigos em casa, então, uma boa sala de jantar é indispensável! Esse ambiente, geralmente integrado à sala de estar ou anexado à cozinha, é uma parte muito importante da casa.

Clique no banner abaixo e receba gratuitamente nosso manual prático para decorar sua sala de estar!

Montar uma sala de jantar bonita e bem produzida é algo desafiador e que requer planejamento, mas também é altamente recompensador, afinal, traz uma série de benefícios estéticos e funcionais. Uma boa sala de jantar une a família e facilita a recepção para os anfitriões, já que são projetadas para acomodar os moradores no dia a dia e também para receber os visitantes. Outra grande vantagem das salas de jantar é a multifuncionalidade — elas podem ser usadas para servir o café da manhã, almoço, brunch, lanche ou jantar.

Está convencido da importância da sala de jantar e quer descobrir como montar o ambiente ideal, para ninguém botar defeito? Então, confira as dicas que preparamos para te ajudar a tornar isso possível!

Comece pelo planejamento da sala de jantar

O ponto de partida para montar uma bela sala de jantar é planejar a organização e a decoração do ambiente. Avalie a frequência de uso que a sala terá e quantas pessoas o espaço vai precisar acomodar. Somente com base nessas informações é que você vai conseguir dimensionar o tamanho da mesa, a quantidade de cadeiras, a necessidade de aparador, cristaleira e demais móveis.

Por falar em planejamento, o mais indicado para a composição de salas de jantar é o investimento em mobília planejada, pois os móveis projetados sob medida garantem a beleza e a otimização do espaço, além de agregar sofisticação, bom gosto e qualidade ao recinto. Em síntese, os móveis planejados são soluções inteligentes para deixar a sala de jantar (e o restante da casa) como você sempre sonhou.

Preserve a circulação de pessoas

Tudo bem que os móveis grandes são imponentes e transmitem uma ideia de luxo, mas o exagero nas dimensões da mobília pode ser muito prejudicial para o ambiente. O tamanho da mesa, por exemplo, deve ser definido conforme o espaço disponível para o resultado não ficar desproporcional, poluído e pouco prático.

Salas de jantar pequenas pedem mesas compactas e salas grandes aceitam mesas mais amplas. A lógica é essa! Vale destacar que o espaço ao redor das mesas precisa ser de, no mínimo, 90 cm, para possibilitar a circulação de pessoas. A distância ideal, no entanto, é de 1,20 m.

Sala de Jantar Todeschini

A estante combina os padrões Victoria e pintura Palha Acetinada, mesa em Ouro Branco e cadeiras Maculelê Todeschini.

 

 Escolha o formato da mesa com cautela

Não dá para negar que a mesa é a grande estrela da sala de jantar. Por isso, ela deve ser escolhida com muito cuidado. Existem vários formatos de mesa e a sua decisão não deve ser fundamentada apenas nas preferências estéticas, pois outras questões devem ser levadas em conta.

Lembre-se de que as mesas retangulares são recomendadas para as salas estreitas e, normalmente, acomodam mais pessoas. Mesas quadradas recebem de 4 a 8 pessoas, a depender do tamanho. Já as mesas redondas acomodam de 5 a 10.

Antes da compra, certifique-se sempre se a quantidade de lugares comportados pela mesa é adequada às suas necessidades.

Opte por cadeiras confortáveis e de tamanho adequado

Por incrível que pareça, as cadeiras da sala de jantar são tão importantes quanto a mesa. Esses móveis devem ser, antes de qualquer coisa, confortáveis. Evite cadeiras enormes, especialmente se a mesa e o espaço forem pequenos.

Modelos mais largos e trabalhados, com braços, devem ser reservados apenas para as cabeceiras. No restante da mesa, use modelos estreitos. Hoje em dia, as cadeiras da sala de jantar não precisam ser todas iguais. Você pode usar um conjunto ou combinar assentos de designs completamente diferentes entre si, caso deseje criar um efeito moderno e surpreendente em sua casa.

Aposte em uma iluminação acolhedora

A iluminação também é um fator crucial na decoração da sala de jantar. A luz ideal para esse ambiente é a luz amarelada e difusa, para proporcionar um ar de aconchego e conforto.

Evite o foco direto em cima da mesa, pois isso pode refletir nos olhos ou esquentar demais o ambiente, gerando desconforto térmico. Luminárias embutidas e lâmpadas dicroicas ficam muito bonitas nesse espaço, mas os lustres e pendentes também ficam incríveis em salas de jantar.

Sala de Jantar e Adega Todeschini

Adega Todeschini com padrão Victoria

 

Inclua elementos decorativos na sala de jantar

A sala de jantar traz muito charme para a decoração da casa como um todo, até porque esse cômodo não é isolado. Ele é uma área de fácil acesso na casa, que fica sempre à mostra para os visitantes. Por essas e outras, vale a pena incluir elementos decorativos na composição.

Um painel espelhado, um vaso com arranjo no centro da mesa, um lustre ou pendente que dialogue com o estilo do ambiente e porta-retratos bonitos sobre o aparador são algumas boas ideias, para começar. Louças, guardanapos, talheres, jogos americanos, sousplats e outros detalhes de mesa posta também fazem toda diferença na decor da sala de jantar.

Invista em materiais duráveis

Como a sala de jantar é um espaço bastante utilizado, exposto à gordura, líquidos e resíduos de alimentos, as matérias-primas precisam ser duráveis.

Não importa se a sua mesa é de madeira, MDF, laca ou vidro… O importante é que a peça seja de boa procedência e tenha um acabamento de ótimo padrão. Mais uma vez, os móveis planejados são a melhor solução, pois unem design, qualidade e bom custo-benefício. Fica a dica!

E então, você gostou do nosso artigo? Se curtiu as nossas dicas de decoração e deseja receber outras informações e novidades sobre o universo do design de interiores, não deixe de assinar nossa newsletter para ter acesso a conteúdos exclusivos e novidades.

11 motivos para optar por móveis planejados para banheiros

De uns tempos para cá, o banheiro se tornou um dos cômodos mais queridos de uma casa. Afinal, é nele que conseguimos relaxar com um bom banho quente ou nos arrumarmos para um dia de trabalho. Por isso, assim como os demais ambientes de um lar, o banheiro passou a receber atenção especial em projetos de decoração.

Arquitetos, designers e donos de imóveis decidiram buscar soluções para melhorar o conforto e a comodidade dos usuários nesse espaço. Diante disso, os móveis planejados para banheiros se mostram como a melhor opção. Além de praticidade, eles conferem charme, beleza e funcionalidade ao cômodo. E as vantagens não param por ai.

Se você vai construir ou reformar a sua casa, veja a seguir 11 motivos para optar por móveis planejados para banheiros.

1. Otimização da área útil

Os móveis planejados são escolhas certas para banheiros grandes ou pequenos, já que eles são projetados com base no espaço disponível e garantem o aproveitamento completo da área.

Dessa forma, eles não causam desconforto, problemas de circulação de pessoas ou sobrecarga na decoração. Dependendo do caso, os móveis planejados também podem ser multifuncionais, o que ajuda a poupar ainda mais espaço.

2. Organização do cômodo

Por ser um ambiente onde as pessoas passam cada vez mais tempo, o banheiro acomoda diversos artigos de uso pessoal. Logo, quem gosta de deixar esses itens bem guardados — e ao alcance das mãos — sempre acaba optando pelos móveis planejados.

Além de espaço, eles oferecem diversas funcionalidades que ajudam organizar os pertences, tais como divisórias, prateleiras, gavetas e nichos.

3. Limpeza prática

Além de contribuir para a organização do banheiro, os móveis planejados facilitam a limpeza do local. Isso porque a disposição do mobiliário simplifica a remoção da sujeira acumulada em todos os cantos, inclusive os mais difíceis.

A manutenção dos móveis planejados também é bastante prática. Basta limpá-los com um pano macio e levemente úmido. Não é necessário utilizar ceras e outras substâncias caseiras.

4. Personalização conforme a vontade do morador

A confecção dos móveis planejados é feita de acordo com o gosto do morador do imóvel que, por sua vez, pode escolher as cores, o design, o material e outros detalhes que vão compor o projeto.

Sendo assim, é possível inovar e ter um banheiro diferenciado ou seguir o padrão dos móveis utilizados no restante da casa, fazendo com que a decoração siga o estilo adotado nos demais cômodos. Caso seja necessário, é possível fazer alterações ou adaptações nos móveis planejados durante a execução do projeto, que, a princípio, é desenvolvido graficamente em um computador.

Na sequência, o cliente visualiza o possível resultado e pode sugerir mudanças de tamanho, reposicionamento ou troca de detalhes, como puxadores. Dessa forma, o resultado fica 100% adequado ao gosto do comprador.

5. Sofisticação e beleza

Sinônimos de acabamento perfeito, os móveis planejados para banheiros possuem um design moderno e arrojado, que agrada aos olhos de moradores e visitantes. Eles são produzidos com materiais que simulam a aparência de madeira, detalhe que confere mais sofisticação ao ambiente.

Na maioria dos casos, os móveis planejados são produzidos a partir de dois materiais. São eles:

  • MDF: trata-se de uma placa de fibra de madeira e resina, que resulta em um material maleável. Por isso, permite a formação de curvas, contornos e linhas mais complexas no móvel, além de pintura laqueada.
  • MDP: é fabricado com partículas de madeira de média densidade. É menos maleável e, consequentemente, mais limitado em relação às adaptações e formatos. Na maioria dos casos, é utilizado na confecção de móveis de linhas retas.

6. Alta resistência e durabilidade

Feitos com materiais de qualidade, os móveis planejados possuem alta resistência à umidade, ao vapor e à ação de cupins. Logo, eles duram muito mais tempo, dispensando a necessidade de reposição ou reforma frequente.

Dependendo da manutenção e cuidado do morador, a parte estrutural do móvel pode durar para sempre, sem nunca ser substituída.

7. Montagem e desmontagem práticas

A maioria das lojas que fornece móveis planejados fica responsável pelo trabalho de montagem e desmontagem. Ao contrário do que muitos pensam, essas peças podem ser adaptadas em um novo lar, caso o morador opte por residir em outro imóvel ou iniciar uma reforma.

8. Exclusividade

Graças aos demais aspectos, como personalização e adaptação, os móveis planejados ajudam a compor banheiros únicos e exclusivos, que fogem do comum.

9. Valorização do imóvel

Caso o dono do imóvel opte por alugá-lo ou vendê-lo, os móveis planejados para banheiros — e demais cômodos — ajudam a valorizar o preço final, facilitando a negociação e atraindo interessados. Por isso, eles podem ser vistos como boas opções de investimento.

10. Ótimo custo-benefício

Diante de tantas vantagens, muitas pessoas ainda acreditam que os móveis planejados absorvem uma boa quantia em dinheiro. Contudo, seja qual for o orçamento, é possível montar um projeto que satisfaça as necessidades do dono do imóvel.

Na maioria dos cômodos da casa, especialmente nos banheiros, os móveis planejados costumam ser a escolha mais apropriada, pois se encaixam perfeitamente no ambiente e geram satisfação ao morador. No fim das contas, o custo-benefício faz o projeto valer a pena.

11. Praticidade na hora da escolha e da compra

Em vez de sair de loja em loja buscando modelos de móveis prontos para banheiros e comparando preços, o cliente pode agilizar sua rotina e optar por um fornecedor de móveis planejados. Assim, qualquer pessoa consegue escolher e comprar a mobília num único dia.

Daí em diante, será preciso apenas acompanhar as demais etapas do projeto — da medição à instalação — e aproveitar o resultado final. É importante ressaltar que as marcas conceituadas oferecem um ótimo serviço de manutenção aos seus clientes, criando uma parceria de longo prazo.

Agora que você já que conhece os 11 motivos para optar por móveis planejados para banheiros, esperamos que a sua próxima compra seja acertada e satisfatória.

Quer ficar por dentro de outras novidades e tendências de decoração? Assine a nossa newsletter e receba mais dicas diretamente no seu e-mail!

O poder do cinza

Quando o assunto é decoração, a diferença mora nos detalhes!

Peças bem escolhidas têm o poder de transformar um ambiente neutro em um espaço personalizado, de acordo com o lifestyle do morador.

Necessários para os momentos de relax e descontração, os sofás, poltronas e pufes podem ganhar diversos estilos e empregos com apostas diferentes de cores, texturas e tecidos. Com criatividade, eles podem deixar de ser apenas um complemento e passar a protagonista do ambiente.

SELECIONADAMG_6753 Poltrona e pufe Vitrole

A elegância ditada pelo cinza é ponto forte na exclusiva poltrona da Todeschini, Vitrola, e no pufe homônimo. Crédito: Divulgação Todeschini.

Além dos revestimentos clássicos, a Coleção Ser da Todeschini apresenta lançamentos como os tecidos em variados tons de cinza, do claro ao chumbo, e com ou sem textura.

Considerado o novo “queridinho” da decoração por sua versatilidade, pode compor decorações em estilos modernos, urbanos, contemporâneos, minimalistas e retrôs, dependendo da intensidade.

Misturado com branco, forma uma dupla minimalista que ilumina o   ambiente. Na presença do preto, cria um estilo urbano que, quando explorado e harmonizado com cores primárias, vira pano de fundo para espaços vivos e alegres.

Decoração Minimalista: Clique no banner abaixo e saiba como fazer em seu apartamento!